blog.

Aplicativos de Zuckerberg oferecem novos recursos para videoconferência

Postado por Martinez Comunicação  |  27/04/2020

Desde que se iniciou o período de isolamento social no Brasil, há cerca de um mês, em razão da pandemia do novo coronavírus, os aplicativos de videoconferência se tornaram grandes aliados da população.

Seja para auxiliar os profissionais no home office, através dos meetings agendados, servir de canal entre professores e alunos no ensino à distância ou até mesmo garantir o entretenimento, por meio de encontros virtuais entre familiares e amigos, essas plataformas estão ajudando – e muito – a enfrentar o isolamento social.

Diante desse cenário, Mark Zuckerberg, CEO das três companhias digitais mais conhecidas no mundo, vêm implantando melhorias nos seus aplicativos, a fim de oferecer a maior integração possível entre os usuários.

A novidade mais recente anunciada pelo empreendedor foi a criação do Messenger Rooms, salas públicas e privadas de chat no Facebook e no Messenger, que permitirão a conexão simultânea de até 50 usuários, cadastrados ou não na rede.

Segundo Zuckerberg, o Messenger Rooms foi desenvolvido com o propósito de entretenimento e pretende ser o serviço com a maior integração possível entre todas as plataformas. Por isso, em breve, devem ser lançadas versões semelhantes para o Whatsapp e o Instagram.

Até o momento, o recurso ainda não está disponível no Brasil, mas pretende chegar nas próximas semanas.

Vale lembrar que, recentemente, o Whatsapp também se reinventou apresentando uma atualização que permite chamadas de vídeo com até oito pessoas – antes eram até quatro.

Dessa forma, é possível notar a tentativa das grandes empresas de se manterem no mercado, sem perder o engajamento e a credibilidade que possuem com o público. Através da oferta de novos serviços, Mark Zuckerberg mantem o posicionamento de suas marcas, enquanto ajuda a humanidade a enfrentar a crise social.

 

AV ITATIAIA, 662 - RIBEIRÃO PRETO-SP | (16) 3237-6797